Posted in Livros para baixar

12 Livros que abordam os principais dilemas da humanidade

12 Livros que abordam os principais dilemas da humanidade Posted on Fevereiro 9, 201829 Comments

Entre os principais livros estão: Dores do Mundo de Schopenhauer, O Mal Estar da Civilização, de Freud, O Mito do Sísifo de Albert Camus e muitos outros disponíveis para você

Publicidade

Selecionamos 12 livros incríveis  para você fazer download gratuitamente. Eles abordam as principais indagações da humanidade em relação à vida. Confira a seguir.

Publicidade

Quando falamos sobre o sofrimento humano, não tem como não lembra da famosa frase de Nietzsche: “Aquilo que não causa minha morte, torna-me mais forte”.

Como encaramos o sofrimento, as dificuldades, os fracassos, a rejeição do outro? Em uma linguagem nietzschiana, nós devemos nos espelhar nos jardineiros. Um jardineiro depara-se com plantas cujas raízes são horríveis, monstruosas, no entanto o resultado que se obtém delas é magnifico! Não há uma bela flor que não tenha uma raiz horrorosa. E é assim que devemos nos comportar, transformando a dor e o sofrimento em algo belo e proveitoso para nossas vidas.

Nietzsche concluiu que uma das piores coisas a fazer em relação ao sofrimento era o ato de afogar as mágoas com bebidas alcoólicas. Ele era contra qualquer forma de consolação e conforto, por conta disso, tinha horror a bebidas alcoólicas. Ele diz: “Os espíritos mais elevados devem se abster da bebida. A água basta”.(nós sabemos que beber com moderação é “super saudável”) -risos.

Nietzsche sofreu muito, viveu com pouquíssimo dinheiro, além de ter de superar dificuldades, tanto físicas quanto mentais, ao longo de sua vida. Contudo, não tinha o mesmo comportamento que criticava nos religiosos. Ele desejava uma saúde melhor, e melhores condições financeiras. E era justamente essa sinceridade que esperava dos religiosos.

Publicidade

As dificuldades que nós passamos constantemente, nos dão pistas do que pode estar errado em nossas vidas, se observarmos e refletirmos de modo adequado, chegaremos a um caminho melhor. Nietzsche analisou o sofrimento profundamente, não apenas refletindo sobre as melhores reações, mas também as piores.

Confira agora, 12 livros que abordam de maneira profunda, diversas questões que inquietam a humanidade.

1 O Mito do Sísifo – Albert Camus

2. Depressão e Melancolia – Urania T. Peres

3. Quando a Depressão Ataca – Pirineus de Sousa

4. Sol Negro – Depressão e Melancolia – Julia Kristeva

5, a Ansiedade e a Depressão sem Medicamentos nem Psicanalise – Dr. David Servan-Schreiber

6. Depressão – O Que Você Precisa Saber Para Realmente Melhorar – Dr. José Hamilton Vargas

7. O Demônio do Meio-Dia: Uma Anatomia da Depressão – Andrew Solomon

8. A Depressão Como “Mal Estar” Contemporâneo – Leandro Tavares

9. Terapia Cognitiva da Depressão – Aaron T. Beck

10. Depressão Corpo Mente e Alma – Wagner Luiz Teodoro

11 As Dores do Mundo  Schopenhauer

12 O Mal Estar da Civilização – Freud

Você pode encontrar os livros clicando aqui 

Ou acesse: www.dominiopublico.gov.br/

Por: O Martelo de Nietzsche

 

Comments

comments

29 comments

  1. Excelente contribuição! Os textos selecionados constituem-se em ótima contribuição para o entendimento do tema do sofrimento humano e também em ferramentas para o desempenho profissional. Muito obrigado!

      1. Os livros selecionados são maravilhosos! o mito de Sísifo é inesquecível!
        O que ”Capinar um lote” tem a ver com as obras Senhor Nino? Poderia me esclarecer? Creio que de repente possa ser o nome de um livro com uma ótima fonte de autoria talvez, citaria o autor para compartilharmos? Muito obrigada e fico no aguardo!

  2. “O estrangeiro” e “a queda”, ambos de Albert Camus, “o homem comum” de Philip Roth, “A insustentavel leveza do ser” de Milan Kundera, o top, “Em busca de sentido” de Viktor Frankl, “O sol é para todos” de Harpper Lee, “A morte de Ivan Ilitch” de Lev Tolstoi e tantos outros.

  3. Não critiquem. Todos são ótimos para entender o ser humano. Não estão relacionados unicamente à depressão. Afff. Tem gente que lê e não entende. Esse mal-estar humano é o que impulsiona à mudança e à criatividade. Os livros tentam explicar. Todos passamos por isso a não ser que tenhamos algum problema e não questionemos o mundo e a nós mesmos, o que na Psicologia é considerado não saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *