Posted in Textos para reflexão

Quando o tédio encontra o vazio e a vida perde o sentido.

Quando o tédio encontra o vazio e a vida perde o sentido. Posted on Junho 28, 2018Leave a comment
Atenção! Se você está com depressão não leia esse texto. Trata-se apenas de uma desabafo poético. Esse texto tem o poder de desencorajar qualquer um que queira fazer uma reflexão sobre a vida.
Talvez você pergunte: porque você está divulgando então? Eu responderia: porque eu quero, só isso, sem razões, sem propósitos, sem objetivos, sem metas, sem perspectivas, sem nada, tal como é a vida; se pararmos para pensar: sem sentido. Mas calma! Não se mate! Isso mesmo, não se mate! Não quero que leia e depois cometa suicídio, eu quero compartilhar um sentimento obscuro, que certamente passa pela mente de muitas pessoas.
Apensar de eu não encontrar uma resposta certa para os porquês da vida, tenho aprendido a suportar os sofrimentos, os descasos, os desdéns, com muita frieza. Vocês veem eu postando coisas múltiplas na página ou no instagram, mas nem sempre eu estou nessa vibração positiva, há momentos que eu só vejo vazio e tédio, como no dia de hoje.
Compartilho um texto que eu escrevi  no momento em que eu descobri que Deus estava morto. Falo do mito cristão com todas as suas exigências para se viver. O momento em que eu deixei as muletas metafísicas. Falo do meu encontro com a realidade.
Tédio Absoluto.
Surge mais um amanhecer e inicia-se a rotina necessária do enfado.
A  persistência pela sobrevivência no mundo de competições.
A terrível respiração contínua de tédio que é cada vez mais pesarosa.
A desagradável, de todas as vivências, a sensação do abismo real.A impressão e certeza da ausência de providencia divina.
Numa batalha constante de permanecer individuo autentico.
Vencendo a insolência da causalidade existencial.
Em ser o que não se entende, procurando o que não é.Assim, a encontrar o que não procura, e descartar-se das inutilidades.
Desestabilizando-se com as ciladas inevitáveis da existência.
Chegando enfim ao desconhecido, e retornando ao ciclo vicioso preciso.Meia noite, nesse tedioso percurso de pensamentos niilistas o dia termina.
No mais âmago anelo de viver e retornar a série afanosa de manter-se vivo.
Matando a cada dia aquilo que nos enfraquece: Lutas, problemas e muito estresse.
Quando o tédio encontra o vazio e a vida perde o sentido; o que fazer? Eu escrevo, e vocês?
Wanderson Dutch.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *