7 Filmes Existencialistas obrigatórios para quem ama Filosofia

De modo geral, nós podemos dizer que as ideias e atitudes existencialistas se entranharam tanto na nossa cultura que nem as consideramos mais existencialistas, não é mesmo? Hoje trouxemos uma lista de Filmes Existencialistas para você assistir.

Publicidade

Confira a seguir  uma lista de filmes existencialistas que nós separamos, é claro que de certa maneira, algum filme faltará nessa pequena lista, veja a seguir.

Os conceitos dos  filósofos como Jean Paul-Sartre, Simone de Beauvoir, Albert Camus e Maurice Merleau-Ponty estão espalhados por aí, seja nas redes sociais, como também em grandes produções de cinema.

Veja também:

7 Filmes obrigatórios para quem ama psicologia 

7 Filmes que foram inspirados na filosofia de Nietzsche

Todos esses Filmes Existencialistas  que nós iremos indicar para que você veja, giram em torno de questões sobre a identidade humana, a finalidade e a liberdade. Entre esses temas, a liberdade é talvez o grande enigma para o século 21.

Confira logo abaixo uma lista (sugestão) de alguns dos grandes Filmes Existencialistas, belíssimos, delicados, intensos, profundos e reflexivos que todo amante de filosofia deveria assistir. Filmes que ajudam  na reflexão do pensamento do valor da vida, na escala social que diferencia pela posição de classe, status. Quem é cada um em seu mundo particular, na beleza de sua singularidade, surpreendente em assinar com diferença a vida, o cotidiano, ou a repetição do ser moldado.

Blade Runner, o Caçador de Androides (1982)

Esse foi baseado na obra de Philip K. Dick, o clássico de Ridley Scott leva ao extremo a angústia tecnológica ao mostrar um caçador de androides que precisa “aposentar” máquinas que se parecem muito com humanos. De uma pegada memorável, a humanidade dos seres humanos é colocada em xeque a todo instante.

Matrix (1999)

Impossível  deixar de citar, Matrix, esse sempre será lembrado em qualquer lista de filmes com abordagens filosóficas. O filme das irmãs Wachowski não traz apenas referência à Alegoria da Caverna de Platão, também traz angústia. Ao fazer os personagens escolherem entre uma vida de luta sem confortos e uma vida “ignorante”, é possível refletirmos sobre nossas próprias escolhas — sem contar na teoria da física que reflete seriamente sobre a questão de vivermos em uma matrix.

Publicidade

Ex_Machina: Instinto Artificial (2015)

Simplesmente incrível! Nesta obra prima totalmente sombria e sufocante ficção científica de Alex Garland, somos confrontados com uma inteligência artificial tão sofisticada que consegue deixar não apenas os personagens em dúvida sobre suas intenções, mas também quem assiste ao longa. De maneira sensível e tensa, é um bom tratado sobre a relação entre humanos e máquinas.

Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (2004)

A pegada dessa filme é bem diferente dos clássicos que nós conhecemos. Nós sabemos que a narrativa da nossa vida é feita de memórias, isto é, bastaria apagar aquelas que são desagradáveis para ter uma experiência plena. O filme do diretor francês Michel Gondry mostra que essa constatação não é tão simples assim.

O Homem Irracional (2015)

Os críticos dizem que quase todos os filmes de Woody Allen trazem algum tipo de conflito existencial, porém, este é o mais óbvio já que traz uma referência explícita ao filósofo norte-americano William Barrett no título. Na trama, assistimos a um professor de filosofia em crise que, de repente, encontra um sentido para a vida.

O Show de Truman (1998)

Depois de Matrix, este longa é outra incrível abordagem da Alegoria da Caverna de Platão, o personagem de Jim Carrey entra em crise quando descobre que toda a sua vida é uma farsa, uma representação falha transmitida como um reality show.  Assim como o personagem, os espectadores também são convidados a duvidar da realidade que nos é apresentada, uma porta de entrada para refletirmos sobre a sociedade e nossas relações de trabalho, por exemplo.

Huckabees – A Vida é uma Comédia (2004)

Esse longa conta a história de um ativista ecológico procura a ajuda de uma dupla de “detetives existenciais” para resolver os mistérios que cercam sua vida. De forma bastante leve, sutil e muito bem humorada, o filme de David O. Russell aborda temas bastante complexos sem parecer complicada.

Onde baixar esses filmes?

Alguns filmes você pode ver  no youtube.  Ou você pode clicar aqui e baixar.

Gostou da sugestão? Compartilhe com seus amigos.

Por: O Martelo de Nietzsche

You Might Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *