10 Verdades Cruéis Sobre a Vida que Ninguém Quer Admitir

A verdade dói, infelizmente nem todas as pessoas têm maturidade para aceitá-la. Não entraremos aqui no questionamento filosófico sobre o que é verdade? Para quê e Por que? Se fôssemos entrar por esse viés, esta matéria ficaria extensa.

Publicidade

A principal questão que nós iremos abordar aqui, diz respeito aos problemas reais que afetam a nossa existência. Na vida real, existem muitas questões que são óbvias, contudo, a maior parte da população não está preparada psicologicamente para aceitar a dureza desses fatos.

Diz o ditado popular que “a vida está cheia de ilusões, escolha uma e divirta-se“. As pessoas não estão habituadas a ver a vida do jeito que ela realmente é. É muito mais fácil esconder nossos problemas do que encará-los.

Confira logo a seguir, as 10 verdades brutais que ninguém quer admitir, ou até mesmo querer pensar sobre o assunto.

1. Você vai parar de viver a qualquer momento

Todos  nós queremos pensar que somos invencíveis, mas infelizmente não somos. Evite estresse em sua vida, pare de desejar ansiosamente mais dias. Comece a aproveitar o que está acontecendo agora. Concentre-se no presente. A vida acontece agora! Não sofra com as preocupações do futuro. Valorize cada instante, a qualquer momento tua existência desaparecerá desse planeta.

2. Todo mundo ao seu redor vai morrer.

Sim, é muito obvio, no entanto, muitas pessoas não aceitam. Se você tem uma família, abrace sua mãe e seu pai e seus irmãos, se você realmente os ama. Seu smartphone pode estar sempre presente – e pode ser até substituído, caso necessário, contudo pode ser que eles não estejam para sempre ao seu lado. Diga às pessoas que importam para você o quanto eles importam.

3. “A felicidade depende mais do que você tem na mente do que no bolso”

Essa afirmação é de Schopenhauer, pai do pessimismo moderno. Não importa o quanto você tente, o dinheiro não vai lhe comprar felicidade. A vida é sobreviver, não acumular. Mude sua mentalidade, mude seu mundo.

4. Procurar a felicidade impede que você a encontre.

A felicidade é um tema muito abstrato, dentro da tradição filosófica nós encontramos diversas vertentes de pensamentos que tentam elucidar a importância desse conceito. Podemos dizer que a procura pela felicidade não traz felicidade, a menos que você esteja vivendo o agora, você está desperdiçando sua vida, se sua preocupação consistir em encontrar o caminho feliz, pois esse não existe. Pare de perseguir amanhã, comece aproveitar o hoje.

Publicidade

5. Gastar dinheiro é menos eficaz do que gastar tempo.

Se você quer fazer uma diferença real no mundo, doe seu tempo e economize seu dinheiro. Passar o tempo com as pessoas afeta aos outros e a você de maneiras que você sequer pode imaginar. Há sempre mais dinheiro, mas nunca haverá tempo suficiente. Nunca se esqueça: o tempo é mais importante do que o papel

6. Fazer com que todos sejam felizes.

Voltamos aqui com a problemática da concepção de felicidade, porém, desta vez, na convivência coletiva. Não se preocupe em tentar fazer todas as pessoas felizes. As pessoas nunca serão felizes completamente. Essa é uma tarefa impossível. Faça feliz a si mesmo, antes que seu tempo se acabe. Sua felicidade por si bastará para afetar quem quer que esteja ao seu redor.

7. Tentar ser perfeito irá matá-lo.

Somos seres imperfeitos, independente de sua concepção de perfeição. Se você ficar sempre na frente do espelho, apontando suas próprias falhas, você irá envelhecer antes do tempo! Não perca outro segundo tentando ser qualquer coisa exceto o que você está agora.

8. Os sentimentos também são importantes.

Fernando Pessoa certa vez afirmou que : a maioria pensa com a sensibilidade, e eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar.  Nem tudo precisa ser lógico e racional. Os sentimentos nos levam a fazer coisas bastante surpreendentes. Preste atenção em como você se sente, ao invés de tentar se esconder de seus sentimentos.

9. Você é responsável por você mesmo.

Ninguém vai viver sua vida por você. Não seja uma talentosa criança de 40 anos que vive na barra da saia de sua mãe. Inspire-se. Saia e faça algo de bom com a sua vida. Não espero se completado com a presença do outro. Seja grato e coerente consigo mesmo. Complete-se, não procure por completude sem estar inteiro.

10. Nada importará quando você se for.

Pode parecer absurda, contudo, é a pura verdade. A qualquer momento nos tornaremos memórias na mente de alguns, depois lembrança, e por fim, esquecimento. Algum dia, você perceberá que boa parte daquilo com que você passou sua vida se preocupando não importa mais. Espero que você perceba isso enquanto ainda tem tempo para fazer as coisas que você realmente quer fazer agora, neste momento presente.

A vida é um sopro! Curta, divirta-se agora. O tempo está passando, não se esqueça disso.

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Por: O Martelo de Nietzsche

You Might Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *