Confira fotos raras do fotógrafo pessoal de Hitler, que estavam enterradas

Confira fotos raras do fotógrafo pessoal de Hitler, que estavam enterradas

Setembro 13, 2018 0 Por admin

Sabe-se que entre os anos de 1936 e 1943, foi concedido ao fotógrafo alemão Hugo Jaeger um acesso sem precedentes ao sanguinário Adolf Hitler. Ele foi autorizado pelo próprio Hitler a fotografar viagens, pequenas reuniões, eventos públicos e muitas vezes momentos privados do ditador.

Em meados de 1945, quando os Aliados estavam prestes a levar a Alemanha à capitulação, Jaeger ficou cara a cara com seis soldados estadunidenses numa pequena cidade a oeste de Munique.

Ele tinha plena consciência de que seria preso – ou pior -, se os estadunidenses descobrissem seus filmes e sua estreita ligação com Hitler. Mas o que aconteceu em seguida o surpreendeu. Conforme a própria narrativa de Hugo, dentro da mala onde estavam as imagens de Hitler, Jaeger também havia colocado uma garrafa de conhaque. Feliz com o achado, os militares se empenharam em tomar a bebida com Jaeger e o proprietário da casa. A mala foi esquecida.

Hugo Jaegerf, guardou enterradas milhares de fotografias até 1965 quando o mesmo vendeu para a Revista Life.

A própria fez a publicação de algumas em uma edição especial em 2009. Nas imagens que você verá, você terá uma noção do que era o poder absoluto de Adolf em sua época. Hugo Jaegerf, faleceu aos 69 anos em 1970, e foi o fotógrafo pessoal de Hitler.

Confira a seguira as fotos inéditas do fotógrafo pessoal de Hitler, que nunca foram publicadas em qualquer livro de história.

Há mais fotos além das que nós selecionamos aqui.

O fotógrafo viajou com Hitler antes e durante a Segunda Guerra mundial e tirou aproximadamente 2.000 fotos do ditador alemão nascido na Áustria. Jaeger era um dos únicos fotógrafos que utilizavam as técnicas de fotografia colorida na época.

Jaeger começou a fotografar Hitler em 1936 e ficou tirando as fotos até a Segunda Guerra Mundial em 1945. Especializou-se em tirar fotografias coloridas dos espetáculos de propagandas nazista, ao contrário de um outro fotógrafo pessoal de Hitler, Heinrich Hoffmann.

Na medida em que a guerra estavando chegando no fim em 1945, Jaeger escondeu as fotos em uma mala de couro. Ao se deparar com soldados americanos, ele teve medo de ser acusado de transportar tantas imagens de um homem tão procurado.

Quando os soldados abriram a mala, suas atenções foram distraídas por um conhaque que encontraram dentro, e que eles resolveram compartilhar com Jaeger.

Fonte: Universo Curioso