10 Lições filosóficas para você aprender com 10 Grandes Filósofos

10 Lições filosóficas para você aprender com 10 Grandes Filósofos

Dezembro 26, 2018 3 Por admin

Encontrar respostas significativas para os nossos problemas nem sempre é muito fácil não é mesmo? Muitas pessoas vivem em busca de um manual correto do bem viver, talvez,  pela influência  da “herança maldita do cristianismo“(termo de Nietzsche) que viciou o ocidente com a falsa ideia “das tábuas de verdades“- eternas e atemporais. No entanto, nós sabemos que não existe nenhum manual descido dos céus.

Na filosofia, nós temos sugestões, pensamentos, ideias e questionamentos, nunca respostas definitivas para solucionar todos os problemas da humanidade, por maior que seja o filósofo, ele sempre ficará devendo uma resposta para alguma questão que provoque insatisfação em sua vida.

Janeiro é o mês do recomeço, Nietzsche adorava essa época de início de ano. Nós trouxemos hoje algumas reflexões interessantes, que podem auxiliar a você encontrar o seu próprio caminho, conforme as suas necessidade. Confira logo abaixo:

1. Faça uma caminhada todos os dias.

“Sobretudo, não perca a vontade de andar. Todos os dias, passo-me a um estado de bem-estar e me afasto de todas as doenças. Os meus melhores pensamentos que eu tive foram caminhando, e não conheço nenhum pensamento tão oneroso que não se possa afastar deles, todavia sentando-se e ficando parado, e quanto mais se senta, mais perto se sente doente. Assim, se alguém simplesmente continuar andando, tudo ficará bem. ”  Søren Kierkegaard

Kierkegaard, cuja angústia paralisara até a adolescência , muitas vezes encontrou refúgio contra a ansiedade da existência em caminhadas. Na falta disso, ele tentou explicar a dificuldade de sua vida em seus escritos. Ele tinha muito a dizer sobre angústia, ansiedade, Deus, morte e liberdade.

2. Abrace a si mesmo – e os outros – como um ecossistema completo.

“Trabalhei com cuidado, não para zombar, lamentar ou execrar ações humanas, mas para compreendê-las, e, para esse fim, procurei paixões, como o amor, o ódio, a ira, a inveja, a ambição, a piedade e a outras perturbações da mente, não à luz dos vícios da natureza humana, mas como propriedades, tão pertinentes quanto a isso, como são o calor, o frio, a tempestade, o trovão e o gosto na natureza da atmosfera, fenômeno que inconveniente, são ainda necessários, e tem causas fixas, através das quais nos esforçamos para entender sua natureza, e a mente tem tanto prazer em vê-las corretamente, como em saber coisas como lisonjear os sentidos “. Spinoza

Spinoza tem uma filosofia de vida fascinante,viu o universo como determinista. Toda ação, portanto, teve uma causa imediata que poderia ser descoberta. Se você pode descobrir o que fez uma pessoa ficar irritada, violenta ou deprimida, torna-se mais fácil entender suas ações e mais simples perdoar suas falhas. Conhecer a ideia de causa e consequência, mais do que o entendimento do senso comum, possibilita a compreensão das coisas desagradáveis ​​que acontecem em nossas vidas, tornando-nos mais compreensivos em relação aos fatos observáveis da realidade do mundo.

3. Viva com leveza

“Nas relações pessoais, ame a bondade.

Em suas palavras, procure ser objetivo e reto sem provocar sofrimento ao outro.

Em assuntos pessoais seja transpareceste e honesto. Em ação, escolha o momento certo para agir. 

Não encare o mundo como uma competição, você não precisa vencer nada, você só precisa viver em harmonia com sua própria vida. ” Tao

O Tao, também conhecido como Caminho , é freqüentemente comparado à água. Generoso, suave e fluido, puro, regenerador, e muitas vezes, cíclico; ser como a água é abraçar o Caminho. Ser suave e gentil poderá torna-te mais poderoso; Você poderá fluir em qualquer lugar e até mesmo desgastar pedra.

4. Examine sua vida e crenças regularmente.

“A vida não examinada não vale a pena viver.” Sócrates

Examine todas as suas crenças, independentemente da amplitude,  procure determinar o que é realmente verdade ou não.  Sócrates muitas vezes pedia às pessoas que definissem uma virtude, como a coragem, apenas para descobrir que as pessoas que mais valiam não tinham ideia do que era. Somente quando nós examinarmos nossas vidas teremos possibilidades de melhorias. 

5. Leia um novo livro a cada mês.

“Os brâmanes não tinham gado, nem ouro, nem riqueza. Eles estudaram como riqueza e grãos “. Buda

Os brâmanes eram professores e homens sagrados da Índia antiga, continuam como uma casta( caráter hereditário) até hoje. Na teoria, eles eram a classe social mais alta. Em vez de se concentrarem no dinheiro e nos assuntos corriqueiros do dia a dia, eles valorizaram o aprendizado e o conhecimento. Buda nos lembra que esses homens respeitados eram homens da mente e nos encorajavam a seguir seu exemplo.

6. Passe mais tempo com seus amigos.

O melhor amigo é aquele que, quando deseja o bem de uma pessoa, deseja isso pelo bem da pessoa “.  Aristóteles

Aristóteles pensava a amizade como verdade vital para viver uma boa vida, e não era  qualquer amigo que faria isso. Ele tinha um sistema de três partes para entender a amizade . As amizades mais genuínas, as que todos devem lutar, são aquelas em que duas pessoas se valorizam como pessoas e não como um meio para um fim.

7. Seja menos da pessoa que se espera que seja, e mais da pessoa que deseja.

“Torne-se quem você é!” Nietzsche

 O mestre da individualidade e da solidão saudável, consciente, alegre, sem culpas! Não havia nada pior para Nietzsche do que uma pessoa se juntar ao rebanho de pessoas que apenas seguem preceitos sem reflexão. Em sua expressabilidade determinista, ele argumentava que deveríamos abraçar nossas vidas e o que quer que vier a nós.

8. Esforce-se pela excelência todos os dias.

“Nós somos o que repetidamente e fazemos. A excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito ”  Aristóteles

Aristóteles considerava as virtudes como habilidades, aquelas que nos esforçaríamos para aperfeiçoar nossas vidas. Ser virtuoso era incorporar uma excelência em uma área específica, como coragem, temperança ou amizade. Fazê-lo uma ou duas vezes não era suficiente, você tinha que fazer um hábito para realmente incorporar a virtude.

9. Não tenha medo da mudança.

“Não se pode pisar duas vezes no mesmo rio ” Heraclito

Heráclito era um filósofo grego pré-socrático que argumentava que tudo estava sempre mudando. Isso não só significa que o rio muda, mas também o faz . Ao invés de tentar se englobar em coisas que não podem durar, devemos abraçar a noção de que tudo irá passar em breve.

10. Viva o agora. 

Mude sua vida hoje. Não jogue no futuro, aja agora, sem demoras”.

-Simone de Beauvoir

O existencialismo nos mostra como somos todos responsáveis ​​pelo que somos e nos tornaremos. Esperar a sua vida para mudar é uma opção, mas que nega a sua capacidade de se moldar no que deseja ser.

Aproveite o dia!

Por: O Martelo de Nietzsche