7 Filmes Perturbadores na Netflix para quem estuda psicologia

7 Filmes Perturbadores na Netflix para quem estuda psicologia

Abril 6, 2019 Não Por admin

Trouxemos hoje uma matéria especial para quem adora estudar a psiquê humana, seus desdobramentos, conflitos,  alegrias e tristezas.  Confira logo abaixo os filmes  com abordagens existencialistas e perturbadoras.

A lista de hoje está pautada em uma abordagem totalmente psicológica, esses filmes não são obrigatórios somente para os estudantes de psicologia, com certeza, são de grande utilidade para outros estudantes, como por exemplo,  os estudantes ou amantes de filosofia.

Todos nós sabemos que a área de estudo da mente humana, isto é, a  psicologia já foi contemplada com diversos filmes que retratam e inspiram essa “rainha e mãe de toda ciência”, como diria Nietzsche. Depressão, suicídio, ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo, esquizofrenia, histeria e diversas outras patologias já foram abordadas no cinema, trazendo mais conhecimento para a população e levantando discussões importantes na medicina.

Além dos Filmes Existencialistas, veja também.

12 Filmes que todo amante de filosofia deveria ver

7 Filmes para você baixar que foram influenciados pela filosofia de Nietzsche

Para quem está fazendo o curso de psicologia, esses filmes podem inclusive ajudar nos estudos e na compreensão das nuances da psiquê humana.

Por isso, selecionamos 7 filmes perturbadores que valem muito a pena você parar para assistir.

A morte te dá parabéns(2018)

Tree (Jessica Rothe) é uma jovem estudante que trata mal os meninos, desdenha das amigas e não parece estar muito disposta a atender as ligações do pai no dia do aniversário dela.
No fim do mesmo dia, no entanto, ela é brutalmente assassinada por um mascarado.
Acontece que ela “sobrevive”, ou melhor, acorda no mesmo e fatídico dia, numa espécie de looping macabro, que termina sempre com a morte da garota. Repetir, seguidamente, o mesmo dia, por outro lado, dá a Tree a chance de investigar quem a está querendo morta e o porquê.

BICHO DE SETE CABEÇAS (2001)

Esse filme existencialista é simplesmente Sensacional!! Bicho de Sete Cabeças traz Rodrigo Santoro com a surpreendente interpretação de Neto, um personagem que tem uma relação difícil com seu pai Wilson (interpretado por Othon Bastos).

Após muitas discussões e desavenças, a descoberta de um cigarro de maconha faz com que Neto seja mandado imediatamente para um manicômio, onde tem que lidar com o sistema do hospital psiquiátrico sem perder completamente sua sanidade.

O filme foi baseado no livro Canto dos Malditos, uma autobiografia de Austregésilo Carrano Bueno, e retrata a realidade dos antigos manicômios brasileiros. A obra instigou discussões sobre saúde mental no país e contribuiu para a mudança nas instituições de cuidados de pessoas com doenças psiquiátricas. A interpretação de Rodrigo Santoro é simplesmente impecável.

ILHA DO MEDO (Lançado em 2010)

O melhor filme existencialista de suspense que eu já vi em toda a minha vida. Esse suspense nos leva para Shutter Island Ashecliffe Hospital, um hospital psiquiátrico localizado em uma ilha de Boston, onde os policiais Teddy Daniels (Leonardo DiCaprio) e o seu parceiro Chuck (Mark Ruffalo) terão a  difícil missão de localizar um paciente desaparecido.

Após chegar ao hospital psiquiátrico, Teddy descobre os métodos ilegais e experiências que os médicos realizam com os pacientes. O clima começa a esquentar quando um furacão deixa os policiais sem comunicação e presos na ilha, além de precisarem lidar com algumas supostas fugas de alguns dos pacientes do hospital.

Ao longo do filme, a sanidade mental de alguns personagens proporciona análises psicológicas extremamente enriquecedora e interessantes, nas quais métodos de psicoterapia e possíveis diagnósticos para problemas psicológicos podem ser observados e discutidos. Assim, o filme é um prato cheio para os estudantes de psicologia. Eu terminei de assistir ao filme e me perguntei: afinal, Teddy era realmente louco?

Para quem ama filosofia a questão explorada é: o que é real e o que não é?

HUSH (2016)

A autora Maddie Toung (Kate Siegel) vive uma vida isolada desde que perdeu sua audição quando era adolescente, se colando em um mundo de total silêncio.Porém, quando um rosto mascarado de um assassino psicótico aparece em sua janela, Maddie precisa ir além dos seus limites físicos e mentais para conseguir sobreviver.

O filme carrega um ar de suspense até o final. Consegue te prender do começo ao fim. Não recomendado para pessoais sensíveis. Você vai vibrar com cada cena e cada momento que a autora Maddie luta contra o psicopata.

Os outros(2017)

Um dos filmes mais sombrios que eu já vi em toda a minha vida! É sério! Muito foda! Vamos para um resumo básico, sem spoilers,  Durante a 2ª Guerra Mundial, Grace (Nicole Kidman) decide por se mudar, juntamente com seus dois filhos, para uma mansão isolada na ilha de Jersey, a fim de esperar que seu marido retorne da guerra.

Como seus filhos possuem uma estranha doença que os impedem de receber diretamente a luz do sol, a casa onde vivem está sempre em total escuridão.

Eles vivem sozinhos seguindo religiosamente certas regras, como nunca abrir uma porta sem fechar a anterior, mas quando eles contratam empregados para a casa eles terminam quebrando estas regras, fazendo com que imprevisíveis consequências ocorram.

CISNE NEGRO (2010)

Um filme existencialista simplesmente incrível! Vencedor de vários Oscars, o filme, muitas vezes descrito como um thriller psicológico perturbador, traz Nina (Natalie Portman) e Lily (Mila Kunis) como bailarinas rivais nos ensaios para a produção da grande peça “O Lago dos Cisnes”.

Nina recebe uma missão muito desafiadora, ela tem que enfrentar a dualidade de representar tanto o cisne branco, inocente e gracioso, quanto o cisne negro, sensual e astuto, ao mesmo tempo em que lida com a grande pressão de uma mãe ex-bailarina superprotetora e de suas próprias expectativas de atingir a perfeição na dança.

UMA MENTE BRILHANTE (2001)

O filme conta a história do brilhante matemático John Nash (Russell Crowe), que ainda jovem formulou um teorema que o destacaria para sempre. O problema surge quando Nash passa a ter alucinações e chega a ser diagnosticado com esquizofrenia. Mesmo com essas dificuldades, o brilhante matemático consegue tratar-se e, após alguns anos de volta à sociedade, é agraciado com o prêmio Nobel.

O filme aborda de uma forma ampla a esquizofrenia, desde o surgimento dos primeiros sintomas até o seu tratamento. É uma boa oportunidade para que quem estuda Psicologia possa conhecer mais sobre o assunto.

BÔNUS EXTRA:

EMILIE

Este longa foi escrito por Rich Herbeck e dirigido por Thelin, Emelie traz Sarah Bolger como a personagem-título, uma jovem que aparece na casa de um casal e se apresenta como Anna, a babá substituta de última hora que eles nunca viram uma foto de .

Embora “Anna” pareça uma babá perfeita, permitindo que as crianças façam coisas que seus pais nunca permitiriam, a noite rapidamente muda para pior quando ela faz uma série de jogos cada vez mais perturbadores.

Apenas algumas coisas tendem a ser bastante fora dos limites quando se trata de filmes de terror, e um deles está submetendo as crianças ao tipo de tortura que é tipicamente feito pelos adultos do gênero. A maioria dos cineastas não ousaria fazer um filme em que jovens garotos sejam os principais alvos da loucura do vilão, mas com Emelie, Thelin se atreve a esmagar até mesmo os mais proibidos dos tabus de horror.

Nossa dica de Download de Filmes Existencialistas é:  Filmes Cult basta clicar aqui

Por: O Martelo de Nietzsche