Desembargador sugere interdição do presidente, por ‘falta de condições mentais para o cargo’

agosto 13, 2019 Off Por O Martelo de Nietzsche

O pedido foi feito pelo desembargador Bartolomeu Bueno, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), foi às redes sociais falar sobre o Presidente da República, sem, contudo, citar diretamente o nome de Jair Bolsonaro (PSL).

O desembargador é também Presidente da Associação Nacional de Desembargadores (ANDES). Ele mencionou a possibilidade de interdição de autoridades que “não falam respeitando a liturgia do cargo que ocupam” ou que “falam pensadamente querendo imbecilizar os brasileiros.”

É importante dizer que o Desembargador esclarece que não está falando em impeachment, mas sim em “interdição por falta de condições mentais para o exercício do cargo.”
Seria algo inédito na história: um presidente ser interditado por ser burro, ou por ter suas faculdades mentais em estado de demência.

De qualquer maneira, nós sabemos que isso dificilmente irá acontecer.