Preocupado com a ‘família tradicional’, Bolsonaro pede para o MEC projeto contra ‘ideologia de gênero’

Preocupado com a ‘família tradicional’, Bolsonaro pede para o MEC projeto contra ‘ideologia de gênero’

setembro 3, 2019 Off Por O Martelo de Nietzsche

“O AGU ( Advocacia-Geral da União ) se manifesta sobre quem compete legislar sobre ideologia de gênero, sendo competência Federal. Determinei ao MEC, visando princípio da proteção integral da criança, previsto na Constituição, preparar PL que proíba ideologia de gênero no ensino fundamental”, escreveu a inteligência rara em rede social.

Segundo o documento, que pede a revogação de uma lei de Londrina (PR), só a União pode definir diretrizes da educação em nível nacional e que entre os princípios da atual lei federal está o “respeito à liberdade e apreço à tolerância”..

Bolsonaro faz uso frequente do conceito para criticar governos de esquerda e políticas educacionais que estariam, na visão dele, desviando da concepção tradicional cristã da família, composta por um homem e uma mulher.

Ao que se sabe, o termo “ideologia de gênero” foi criado pela Igreja Católica e citado pela primeira vez em 1998, em uma nota da Conferência Episcopal do Peru. Ele acabou sendo adotado também por grupos de direita como uma arma para criticar o campo progressista.

Você gostaria de saber mais sobre o tema: Teoria de Gênero? Veja o vídeo abaixo

Por: Redação do Martelo

Fonte: O GLOBO.