7 excelentes livros para baixar e ler nesta quarentena

Selecionamos hoje sete excelentes livros para baixar que tratam sobre os principais dilemas da humanidade, entre eles a depressão, ansiedade, busca pela felicidade, Deus, sentido da vida, amor, fracasso, etc..

Muitos procuram nos livros de autoajuda a solução para a ansiedade ou depressão, mas você sabia que dentro da filosofia e da literatura você poderá encontrar obras clássifcas ou modernas que podem fazer você repensar sobre muitos aspectos de sua vida?

Dentro da literatura budista, por exemplo, você vai encontrar excelentes histórias, ensinamentos de Buda, pautados na concritude dessa nossa vida que podem nos ajudar a lidar com questões delicadas com o sentido da vida e tantas outras questões existenciais que tanto nos atormentam, a superação do sofrimento ou como lidar com a dor da perda de alguém muito querido.

Confira a seguir 7 livros para baixar que tratam sobre os principais dilemas da humanidade.

O Demônio do Meio Dia

O demônio do meio-dia: uma anatomia da depressão, de Andrew Solomon (Companhia das Letras, 2014), não só batiza, como faz a autópsia de um dos males mais cruéis e, ainda hoje, incompreendidos, embora a notificação de casos venha aumentando no rastro da busca cada vez maior por esclarecimento sobre os transtornos depressivos.

O livro, lançado em 2001 e publicado no Brasil em 2014, com um epílogo exclusivo para a edição brasileira ,onde o autor atualiza alguns fatos da edição original, contribui significativamente para diminuir o estigma sobre a doença. Mérito, aliás, do excelente trabalho de reportagem do autor, que é também um paciente em tratamento, com histórico de pelo menos três grandes surtos depressivos, como ele mesmo descreve.

Mas como Baixar? Para abaixar clique aqui, agora se você quiser comprar clique aqui

Uma breve história da Humanidade 

O que possibilitou ao Homo sapiens subjugar as demais espécies? O que nos torna capazes das mais belas obras de arte, dos avanços científicos mais impensáveis e das mais horripilantes guerras? Nossa capacidade imaginativa. Somos a única espécie que acredita em coisas que não existem na natureza, como Estados, dinheiro e direitos humanos.

Partindo dessa ideia, Yuval Noah Harari, doutor em história pela Universidade de Oxford, aborda em Sapiens a história da humanidade sob uma perspectiva inovadora. Explica que o capitalismo é a mais bem-sucedida religião, que o imperialismo é o sistema político mais lucrativo, que nós, humanos modernos, embora sejamos muito mais poderosos que nossos ancestrais, provavelmente não somos mais felizes. Um relato eletrizante sobre a aventura de nossa extraordinária espécie ? de primatas insignificantes a senhores do mundo.

Enfim, para baixar em PDF clique aqui ou para comprar clique aqui

Homens em Tempos Sombrios 

Este livro reúne ensaios biográficos de homens e mulheres que viveram os \”tempos sombrios\” da primeira metade do século XX, marcados pela emergência do totalitarismo na forma do nazismo e do stalinismo.

Portanto, mergulhando em mundos internos tão díspares como os de Hermann Broch e João XXIII, Rosa Luxemburgo e Jaspers, Isak Dinesen e Bertold Brecht, Heidegger e Walter Benjamin, Hannah Arendt submete a uma reflexão apaixonada, e por vezes implacável, os erros e acertos dessas personalidades, suas culpas e vitórias, responsabilidades e irresponsabilidades perante a realidade que enfrentaram.

Mas a beleza destes relatos reside na sólida crença de Arendt na solidariedade e dignidade humanas, valores morais capazes de impedir o triunfo do niilismo e do totalitarismo numa época de experiências catastróficas. O volume traz também um posfácio de Celso Lafer com um perfil de Hannah Arendt.

Para baixar clique aqui. para comprar clique aqui

Livro Senêca da Felicidade 

Essa dica aqui trata-se de um dos maiores dilemas da humanidade. A busca pela felicidade. Sêneca foi um mestre na redação de textos filosóficos que se tornaram clássicos, refletindo sobre problemas que assolavam os pensadores de sua época. … Para Sêneca, a felicidade se constrói através da razão, da retidão e principalmente da harmonia com o universo.

Por outro lado, Sêneca faz grande oposição ao epicurismo, corrente filosófica que valoriza o prazer como fonte de felicidade, como vemos: “Você se dedica aos prazeres, eu os controlo; você se entrega ao prazer, eu o uso; você pensa que é o bem maior, eu nem penso que seja bom: por prazer não faço nada, você faz tudo.”

Para baixar o livro clique aqui para comprar clique aqui.

O livro do desassossego”

“No baile de máscaras que vivemos, basta-nos o agrado do traje, que no baile é tudo. Somos servos das luzes e das cores, vamos na dança como na verdade…”

Retratando a condição crua da alma humana, de forma desapaixonada e por vezes irônica, este não se exclui ao reduzir os sonhos e idealizações a pó, a monotonia detalhada de seu cotidiano, a mesquinhez das ideias e do ambiente tacanho em que vivem as pessoas, e ele próprio por conhecer, é a descrição da vastidão estreita em que se vive.

“É uma vontade de não querer ter pensamento, um desejo de nunca ter sido nada, um desespero consciente de todas as células do corpo e da alma. É o sentimento súbito de se estar enclausurado na cela infinita. Para onde pensar em fugir, se só a cela é tudo?”

Em todo o momento em que afloram novas reflexões e sensibilidades, um novo rumo é dado para os pensamentos. E é com uma escrita muito eloquente com que Pessoa, ou Soares e até mesmo ambos, sintetiza os valores morais e conhecimentos em uma obra sem ter por parte uma linha cronológica.

Além disso, uma leitura que deve ser feita sem pressa e sem necessidade de ordem específica, a gosto de quem lê, com inúmeras pausas para reflexões e para perceber a inquietação. O Livro do Desassossego é um relato de tudo que se vive e percebe-se com (e talvez por muitas vezes sem) a consciência, deixando à mostra toda genialidade e angústias de Pessoa enquanto um de seus mais de 70 heterônimos.

 Para baixar este livro clique aqui, para comprar clique aqui. 

Livros para baixar: Assim Falou Zaratustra

Não poderia faltar Nietzsche nesta lista, não é mesmo?

Breve resumo: Assim falou Zaratustra (1883-1891) diferencia-se significativamente em estilo e estrutura de outras obras de Nietzsche ou de filosofia. Foca-se nas viagens e nos discursos de Zaratustra que, como sabem, foi o fundador do Zoroastrismo. Não me parece que seja fácil resumir estes discursos porque variam em tom e tema, pelo que não o vou fazer, restringindo-me apenas a alguns temas principais de que eu gostei particularmente e que me parecem mais pertinentes no âmbito da cultura ocidental.

Portanto, neste âmbito, destaco a célebre declaração “Deus está morto” pela qual Nietzsche é recordado e que se insere no debate acerca da religião cristã, debate este que aborda ainda a dualidade bem e mal que caracteriza os valores desta religião e a crença na vida após a morte. Além disso, destaco a conceptualização daquilo que o autor chama “super-homem” (traduzo o termo a partir do inglês) e a abordagem da vontade de poder que tanto caracteriza a nossa natureza humana e que o autor abordou noutras obras

Para baixar o livro em PDF Clique aqui para comprar clique aqui

Livros para baixar: Ensaio sobre A Cegueira. 

O livro “Ensaio sobre a cegueira” retrata a história de uma cegueira branca que se espalha por uma cidade e atinge um enorme número de pessoas, causando um grande colapso dentro da sociedade e obrigando todos a viver de uma maneira totalmente fora do comum.

Para uma análise completa desse livro, clique nesta matéria que fizemos aqui.

Para baixar o livro clique aqui, para comprar CLIQUE AQUI

Enfim, gostou? Então compartilhe!

Deixe uma Resposta