7 textos profundos de Dalai Lama que te farão você repensar seus problemas

Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar. Dalai Lama

Dalai Lama (1935) nasceu na aldeia de Takster, na província de Amdo, no Tibete, no dia 6 de julho de 1935. Filho de agricultores recebeu o nome de Lhamo Dhondrub. Quando tinha dois anos, passou a ser chamado de Tenzin Gyatso, após ser reconhecido pelos monges tibetanos como a reencarnação do 13º Dalai Lama.

Com 4 anos de idade, o futuro Dalai Lama Tenzin Gyatso foi considerado a 14ª reencarnação do príncipe Cherezig, o portador do lótus branco, que simboliza a compaixão. Foi separado da família e levado para o Palácio de Potala, situado na montanha Hongsham, na capital Lhasa, onde começou sua rigorosa preparação. A partir de seis anos de idade passou a receber aulas de filosofia budista, arte e cultura tibetana, gramática, inglês, astrologia, geografia, história, ciências, matemática, medicina, poesia, música e teatro.

Em 1950, ano em que o Tibete foi invadido pela China, o Dalai Lama com apenas 15 anos, é orientado a deixar o Tibete. Em 1951 é assinado um “Acordo de Dezessete Pontos” com o qual a China pretendia adotar medidas para a libertação do Tibete, mas as tentativas foram fracassadas. Já no ano de 1959, os chineses sufocaram uma insurreição separatista comandada pelos aliados do Dalai Lama.

Após o fracasso da rebelião, o líder tibetano, sua família e seus seguidores, a convite do governo indiano, se exilam na Índia, onde é instalado um governo tibetano. Para receber grande número de refugiados são criados assentamentos e escolas para preservar a língua, a história e a religião tibetana.

Tenzin Gyatso, o líder máximo do budismo tibetano, depois de várias tentativas de restaurar a independência do Tibete, recebeu o Prêmio Nobel da Paz, em 1989. No dia 10 de março de 2011, anunciou que deixará o comando político dos tibetanos. O sufrágio ocorrerá na Índia, onde o Parlamento se reúne desde 1959.

Separamos 7 textos profundos do Mestre Dalai Lama que te farão refletir

Começa por ti

Tua natureza divina não foi feita para ser aprisionada à sombra do sofrimento, fora do alcance de Deus, e sim para expandir, crescer, para assim, reencontrar sua real função.
És a flecha que tem por destino ser arremessada ao tronco do conhecimento e, se forças em direção contrária, cais em depressão, por negares ao teu ser a tua real necessidade que é a de estares livre, presente na tua realidade divina. Deves saber que as coisas não precisam acontecer nesta ordem.
Tens a opção em escolher novamente, sempre que sentires a ausência do teu coração em tuas decisões, ou seja, a ausência da paz de espírito.
Volta, recolhe teu ser no silêncio que habita
tua morada, e lá, começa por ti.
O que queres que não podes ter?
Nesta frase tão curta, reside todo o emaranhado de fios que te sufocam a cada dia.
Começa por ti e em ti.
Aprende a conhecer tuas reais necessidades
e começa por elas.
Uma a uma, purificando teu ser do sofrimento que tens te causado por todo este tempo.
Desacredita da tua má sorte e põe tua atenção, teu coração no conhecimento que está dentro de ti, em silêncio, a esperar-te para dar-te a paz,
a certeza de quem és.

Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.

Dalai Lama

Por um lado, ter um inimigo é muito ruim. Perturba nossa paz mental e destrói algumas de nossas coisas boas. Mas, se vemos de outro ângulo, somente um inimigo nos dá a oportunidade de exercer a paciência. Ninguém mais do que ele nos concede a oportunidade para a tolerância. Já que não conhecemos a maioria dos cinco bilhões de seres humanos nesta terra, a maioria das pessoas também não nos dá oportunidade de mostrar tolerância ou paciência. Somente essas pessoas que nós conhecemos e que nos criam problemas é que realmente nos dão uma boa chance de praticar a tolerância e a paciência.

Dalai Lama

Se você quer transformar o mundo, experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal e realizar inovações no seu próprio interior. Estas atitudes se refletirão em mudanças positivas no seu ambiente familiar. Deste ponto em diante, as mudanças se expandirão em proporções cada vez maiores. Tudo o que fazemos produz efeito, causa algum impacto.

Dalai Lama

 

Se existe amor, há também esperança de existirem verdadeiras famílias, verdadeira fraternidade, verdadeira igualdade e verdadeira paz. Se não há mais amor dentro de você, se você continua a ver os outros como inimigos, não importa o conhecimento ou o nível de instrução que você tenha, não importa o progresso material que alcance, só haverá sofrimento e confusão no cômputo final. O homem vai continuar enganando e subjugando outros homens. Basicamente, todo mundo existe na própria natureza do sofrimento, por isso insultar ou maltratar os outros é algo sem propósito. O fundamento de toda prática espiritual é o amor. Que você o pratique bem é meu único pedido.

Descobri que o mais alto grau de paz interior decorre da prática do amor e da compaixão. Quanto mais nos importamos com a felicidade de nossos semelhantes, maior o nosso próprio bem-estar. Ao cultivarmos um sentimento profundo e carinhoso pelos outros, passamos automaticamente para um estado de serenidade. Esta é a principal fonte da felicidade.

Dalai Lama

 

Se tiver amor e compaixão por todos os seres sencientes, em especial por seus inimigos, este é o verdadeiro amor e a verdadeira compaixão. O amor e compaixão, nutridos por seus amigos, esposa e filhos, não são verdadeiros em sua essência. São apego, e esse tipo de amor não pode ser infinito.

Dalai Lama

Deixe uma Resposta