As feridas da escravatura ainda não foram cicatrizadas no Brasil

No dia 13 de Maio de 1888 a escravatura estava sendo oficialmente “abolida”, mas a verdade é que nada foi feito para auxiliar nossos irmãos. O desprezo por nós pretos continuou e ainda continua.
Uma dívida cruel de 300 anos que teve apoio da religião, dos padres e outros religiosos da época. Eles falavam que nós não tínhamos alma. Não éramos dignos de entrar em seus templos sagrados.
Nós estávamos “livres”, porem, totalmente desamparados, sem direito a estudo, a trabalho, éramos tidos como uma anomalia, e ainda hoje muitos nos consideram assim.
Mas seguimos à luta.
O mundo não é esse mar de rosas que muitos pintam. Há sombras brancas que são cruéis. Acuso a elite desse país pela cruel manutenção da escravidão e extermínio do povo preto!
A história também nos deu grandes guerreiros.
Luís Gama nasceu em Salvador, ainda na época da escravidão. Nascido de mãe preta livre e pai branco, foi feito escravo aos 10, vendido pelo próprio pai para pagar dívidas de jogo. Permaneceu analfabeto até os 17 anos de idade, quando começou a aprender a ler, graças à benevolência de um hóspede da pousada onde trabalhava.

Conquistou judicialmente a própria liberdade, reunindo documentos que provavam seu nascimento como um homem livre, e passou a atuar na advocacia – autodidata, sem diploma – para ajudar outros negros em situação de escravidão.

Aos 29 anos, já era um autor consagrado e considerado “o maior abolicionista do Brasil”. Foi um dos raros intelectuais negros no Brasil escravocrata do século XIX, o único autodidata e o único a ter passado pela experiência do cativeiro. Pautou sua vida na defesa da liberdade e da república.

Advogava não apenas de graça, mas tinha em sua casa um cesto de moedas para dar aos mais necessitados. Segundo suas próprias estimativas, conseguiu libertar mais de 500 escravos. Por esse feito, ficou conhecido como o “advogado dos escravos”.

Por: Wanderson_dutch

Comentários (1)

  1. Santos Joelma

    Filmes:chemin anos de escravidão,Beast of on nation,Boudbound etc .Tenho outro,Meu xodô que não faço propaganda.

Deixe uma Resposta