Lições preciosas de Buda que podem mudar sua visão de mundo

Não deseje e não sofra! O desejo é a alma do sofrer.

Buda, que em hindu significa “Iluminado”, foi o título dado ao líder religioso Siddhartha Gantama, que viveu na Índia entre os séculos VI e V a. C. É considerado o fundador do budismo.

Buda nasceu por volta de 563 a. C. em Lumbini, Índia, sendo criado no principado de Kapilavastu, uma região montanhosa que hoje faz parte do Nepal. Filho do rei da dinastia Sakia, recebeu educação requintada, sendo preparado para ser um guerreiro e líder político. Muito inteligente, era chamado de “Sakia Míni” – o sábio de Sakia.

Desapontado com os problemas da maior parte dos hindus, que viviam sofrendo com a fome e a miséria e acreditando numa existência melhor, que viria depois da morte, praticava toda sorte de mortificações. Siddhartha, que já vivia meditando, resolve partir para uma vida de andarilho em busca de explicações para o enigma da vida.

Meditando durante 49 dias sob a sombra de uma figueira – árvore sagrada para os hindus, conta a lenda que Siddhartha despertou para um novo entendimento de todas as coisas da vida e rumou para a cidade de Benares, à margem do rio Ganges, a fim de transmitir seus ensinamentos. Passou a ser tratado por “Buda”, e durante 45 anos pregou sua doutrina por todas as regiões da Índia.

Buda queria servir de exemplo para outras pessoas em busca da salvação do espírito e do caminho para atingir o Dharma – processo de amadurecimento e plena realização espiritual. Buda faleceu em Mallas, Kushinagar, Índia, por volta de 483 a. C.

Lições preciosas de Buda que podem mudar sua visão de mundo

Confira a seguir pensamentos de Buda podem transformar sua forma de ver a vida

Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas, depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão e que conduz ao bem e benefício de todos, aceite-o e viva-o.

Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.

Persistir na raiva é como apanhar um pedaço de carvão quente com a intenção de o atirar em alguém. É sempre quem levanta a pedra que se queima.

Nossa existência é transitória como as nuvens do outono. Observar o nascimento e a morte do ser é como olhar os movimentos da dança.
Uma vida é como o brilho de um relâmpago no céu. Levada pela torrente montanha abaixo.

Todos os seres vivos tremem diante da violência. Todos temem a morte, todos amam a vida. Projete você mesmo em todas as criaturas. Então, a quem você poderá ferir? Que mal você poderá fazer?

Eleva os olhos, permitindo que o teu espírito
voe em busca de luz…

No alto há paz
E louvores que balsamisam dores
Os Anjos dedilham a canção sonora que acaricia e enleva,
confortando corações…

Permita-se ouvir…
Envolva-te em oração, adorando…

E a beleza infinita que a tudo perscruta, ao reconhecer tuas asas,
derramará sobre ti o óleo sagrado que purifica, perfuma e mantém
vivo o Amor Sublime…

Deixe uma Resposta